O termo armário cápsula foi usado pela primeira vez pela estilista Susie Faux na década de 1970. O conceito define uma seleção limitada de peças que devem ser utilizadas por determinado período de tempo. O objetivo do armário cápsula é reduzir o consumo por impulso e o acúmulo de roupas não usadas, e ainda criar consciência na hora de comprar e de se vestir. Além disso, um armário reduzido, mas funcional, pode ajudar a trazer autoconhecimento. 

Como começar? 

Autoconhecimento! É a palavra-chave capaz de gerar esse armário funcional. Analise o que você já tem e busque respostas que definam o seu estilo e o que é importante para você. Algumas questões a serem consideradas são: 

  • O que você gosta de vestir? Pense nas peças que são coringas para você, que você se sente bem usando e que utiliza periodicamente. 
  • Qual é seu estilo de vida? Defina qual é o dress code do seu trabalho e dos lugares e eventos que você frequenta. Isso ajuda a decidir de quais tipos de roupa você precisará. 
  • Quais são suas cores e estampas favoritas? Não adianta montar um armário preto e branco se você se sente melhor com looks coloridos e vice-versa. O segredo aqui é ter peças neutras ou escolher uma paleta que combine entre si. 
armario-capsula
Foto Reprodução

Seleção de peças 

Apesar de o armário cápsula normalmente incluir um conjunto de 30 peças para serem utilizadas por semestre, esse valor é totalmente pessoal. Por meio da sua análise, você define de quantos itens precisará e de quanto em quanto tempo realizará a revisão e a troca das roupas, mas é sempre importante trabalhar com o que você já tem e comprar apenas o que for indispensável. 

O segredo é misturar roupas atemporais e básicas com outras mais atuais. Entre estas, escolha o que te interessa e funciona para você. Já entre as peças básicas, há algumas que são essenciais: 

Camiseta de malha

Procure uma camiseta de tecido confortável, como algodão. As cores e a modelagem podem variar, mas o branco serve como coringa. 

Calça Jeans

O jeans é fundamental porque é básico e combina com tudo. Escolha o modelo e a lavagem que mais te agradam, sempre pensando na praticidade e no conforto. Outras peças no tecido, como shorts e jaquetas, também são bem-vindas. 

Camisa de botões

O item, principalmente quando mais sofisticado, cai bem em festas, ambientes corporativos e passeios.

Casaco

Nesse caso, você pode escolher a peça que funciona melhor para você, se uma jaqueta de couro ou um trench coat, mas é importante ter um casaco que suporte o frio da região onde você vive e que combine com várias produções. 

Sapatilha

No setor de calçados, a sapatilha aparece como essencial, já que transita em diversos ambientes e combina com tudo. 

Utilize seu armário cápsula como forma de autorreflexão. Ele pode ser o início de um estilo de vida mais consciente e minimalista. 

Comentário

Comentários