Um dos truques mais funcionais pra fazer o look com comprimento mini funcionar é equilibrar as proporções. Claro que você pode fazer um look todo curtinho se sentir a vontade, mas um look com proporções diferentes e complementares parece mais complexo e melhor pensado.

Falando de forma prática: colocou uma saia curtinha? Equilibre com um maxi colete jeans. Colocou um mini colete? Combine com uma saia longa. Dessa forma você passa longe do vulgar e cria um look com boas chances de ser estiloso.

Como usar comprimento mini?
Foto: Reprodução

Construa camadas

Não se sente confortável mostrando muita pele? Vai pra um ambiente que pede algo mais comportado, mas não quer deixar de usar aquela mini saia incrível? Se jogue nas camadas! A boa e velha meia calça é sem erro caso a peça seja uma saia ou short, a use não como acessório, mas como integrante do look, investindo numa combinação de cores ou estampas, caso faça o seu estilo.

Vale apostar em coletes com blusas de manga maior por baixo, ou ainda sobreposição de jaqueta e camisa. Tudo, é claro, pensado de forma a montar um visual harmônico.

Fuja do óbvio

Quando pensamos em comprimento mini, a primeira coisa que vem a mente é uma saia ou shortinho, certo? Que tal quebrar esse padrão. Se jogue nas mini jaquetas e coletes. Os em jeans são uma aposta fortíssima pra essa temporada, vista nas passarelas mais importantes. Então não pense duas vezes antes de se jogar e montar looks incríveis com essas peças.

Viva os 2000

Os anos 2000 realmente estão de volta na moda e os comprimentos mini – e micro! – eram uma febre na época. Por isso, aproveite a tendência para homenagear a década montando versões atualizadas de looks que eram febre anos atrás. Mini saia jeans com camiseta estampada com alguma label, por exemplo. Ou um mini colete com vestido. Para não parecer saída de uma foto antiga, basta combinar com tendências atuais.

Os sapatos perfeitos

Quando usar um saia, vestido ou short no comprimento mini, mais do que a blusa que irá complementar, pense no calçado. Isso porque ele tem o poder de criar ilusões óticas de que sua peça é mais ou menos curta. Sandálias de salto tendem a alongar as pernas e, consequentemente, encurtar as saias, uma forma de quebrar isso, é investindo nas que fatiam a silhueta, como as que possuem tiras no tornozelo. Já as sandálias mais baixas atenuam o efeito do comprimento mini, que, assim como no salto, pode ser potencializado ou disfarçado com divisões no tornozelo.

 

Comentário

Comentários