Olá leitores,

Nos dias de hoje, ainda costumo ouvir que machismo não existe e feminismo é coisa de mulher mal resolvida. E ai pensando nisso e lembrando de um post que li em uma das minhas passadas pelas timelines alheias, que na teoria era para remeter um pouco de graça, mas foi falho na minha opinião, que dizia:

“Se uma mulher tiver mais livros que sapatos, case-se com ela.”

Comecei a pensar sobre a paixão das mulheres, algumas por moda outras por estudo, ou vida profissional, e assim por diante. E também sobre o porque do apego de cada uma por bolsas, sapatos, maquiagens ou roupas poderiam torná-las menos dignas de um casamento.

Me perguntei como algumas mulheres ainda cultivam estereótipos como o de que mulheres muito bonitas geralmente são burras, ou mulheres que amam moda são fúteis e tem a cabeça “vazia” e, pior ainda, mulheres que não amam ser nerds são menos dignas de um relacionamento e assim se deixam aprisionar na invisibilidade de um machismo disfarçado.

Estamos vivendo uma época em que não faz mais sentido se prender em estereótipos, e que sua liberdade está em poder ditar os próprios gostos e sua própria identidade sem ser rotulada. Em poder amar bolsas e livros, sapatos e homens, vestidos e faculdade, musculação e desenho animado, videogames e bebidas, e tudo mais que julgar importante para você sem ser submetida as opiniões e julgamentos alheios.

Liberte se dessa visão machista e faça sim, com respeito ao seu próprio corpo e seu próprio coração, o que você tiver vontade de fazer!

mulher-fazendo-compras
Fonte: Reprodução

Você encontra o jeans claros na loja Consciência Jeans. Visite a Loja de Jeans no Brás na Rua Mendes Junior, 395 ou a Loja na  Rua Xavantes, 173 em São Paulo ou encontre um revendedor na sua cidade, veja aqui os locais.

Comentário

Comentários