Às vezes esquecemos que tudo tem uma origem. Com frequência falamos aqui sobre jeans e denim, mas você conhece a história desses termos? No artigo de hoje, vamos contar essa e outras curiosidades sobre nosso tecido mais querido. 

Primeiros passos 

O denim teve origem na França, mais precisamente na cidade de Nimes, no sul do país, em 1792. Por isso, o tecido ficou conhecido como serje de Nimes, que em português seria “sarja de Nimes”, fazendo referência ao local onde foi criado. 

Como se trata de um material espesso, de grande durabilidade e sem necessidade de muito cuidado, o denim  passou a ser utilizado por trabalhadores, em especial marinheiros. Um dos lugares nos quais seu uso se tornou mais popular foi em Gênova, na Itália, onde os funcionários dos portos apelidaram o tecido de genes. A pronúncia da palavra genes com sotaque italiano deu origem ao termo que usamos hoje: jeans! 

de-onde-surgiu-a-palavra-denim
Foto Reprodução

Chegada à América 

As calças utilizadas nessa época não eram tão semelhantes às que usamos hoje. Só no final do século XIX, com a chegada do industrial alemão Levi Strauss aos Estados Unidos, é que o denim ficou mais próximo do que conhecemos. 

Levi deixou a Baviéra, na Alemanha, para tentar a vida vendendo tecidos na Califórnia, que vivia uma época próspera por causa do ouro. Notando que as calças que os trabalhadores usavam não eram muito adequadas para a sua rotina, ele teve a ideia de utilizar o material que vendia para confeccionar calças e cobrir carroças. 

A criação se tornou muito popular entre os mineradores, mas ainda tinha suas desvantagens, já que as peças de Strauss eram pouco flexíveis. Buscando uma solução para tornar o material mais maleável e confortável, ele se deparou com a sarja de Nimes, que era feita de algodão. Dessa forma, a invenção de Levi foi  adaptada e aprimorada e, pela semelhança com o tecido francês, passou a ser chamada de denim,  contração da expressão “de Nimes”. 

Levi Strauss posteriormente teve a ideia de adicionar os rebites de cobre e o fechamento frontal feito com botão de metal e zíper. Os bolsos e a etiqueta de couro usada no cós também foram invenção do alemão. 

E como denim se tornou índigo? 

Nessa época, o denim tinha coloração marrom. Em 1890, foi adicionada a tonalidade azul índigo, com intenção de deixar o jeans mais atraente.

A estratégia funcionou e o tecido se popularizou entre os cowboys e passou a fazer parte da farda dos soldados durante a Segunda Guerra Mundial, tornando-se o fenômeno que conhecemos hoje.

Saber a história por trás das peças que amamos é muito interessante. E você, o que achou da origem do denim? 

Comentário

Comentários