Olá leitores,

Calça jeans… Difícil achar quem não use.
Hoje em dia existem tantos modelos e tamanhos, com lavagens diferentes, ou bordados, mais curtas, mais largas, enfim, fica até difícil de escolher.

Para ajudar quem não está ligado nessas diferenças e escolher o melhor modelo para o corpo de cada um, vamos explicar quais são as modelagens existentes para a calça jeans.

– Tradicional: cintura no lugar e pernas de corte afunilado. Já foi chamada de five pockets (cinco bolsos), três na frente e dois atrás, uma referência à pioneira 501 americana da Levi’s. Por seu corte acompanhar as linhas do corpo, costuma vestir bem a maioria das pessoas.

– Antifit: modelagem da 501, o primeiro modelo da Levi’s. Tem botões ou zíper, adaptada a silhueta do consumidor, com cintura baixa, quadril desestruturado e corte reto nas pernas. Como o nome diz, não é um jeans de caimento perfeito; fica com pequenas sobras no quadril e cavalo. Tem, como pontos a favor, o conforto e o estilo.

– Bootcut (corte para botas): uma variação do antifit, tem a perna um pouco mais larga do joelho para baixo, para facilitar o uso de botas para dentro da calça.

– Semibaggy: cintura no lugar, quadril largo e corte da perna ligeiramente afunilado.

– Tight Fit ou Slim Fit (caimento justo, apertado): com cintura baixa, tipo saint-tropez, marca bem os quadris e tem as pernas justas, com corte afunilado ou reto.

– Cigarrete: modelagem ajustada ao contorno do corpo, pernas justas e cintura baixa. Algumas versões usam a mistura de jeans com lycra. O resultado é uma calça ainda mais agarrada.

– Oversized (tamanho exagerado) : é o jeans bem folgado. Suas formas amplas não favorecem as mais baixas (achatam a silhueta) nem as gordinhas (parecem ainda maiores). Base extra dimensionada de cintura larga, quadril desestruturado e pernas amplas.

– Skinny: modelagem bem justa, principalmente abaixo do joelho. Parecida com a legging, porém de tecido jeans.

Modelo escolhido, é hora de dar uma olhada nos diferentes tipos de lavagem dos jeans (que seria o tom do azul, claro, escuro, desbotado, etc). Vamos a eles:

– Índigo (tradicional): Esse é o tingimento mais básico e clássico do jeans, o típico azulão que todos conhecem. A tinta azul índigo antigamente era retirada das folhas da planta Indigofera tinctoria (Anil), mas atualmente é produzida de maneira sintética.

– Délavé: O jeans délavé é bem claro, desbotado, obtido de maneira artificial, com descolorantes químicos.

– Blue jeans: Essa tonalidade média de azul vivo é conseguida pelo processo de tingimento mais curto, em chambray ou brim (denim) leve.

– Dark índigo: Esse é o jeans índigo bem escuro, praticamente azul marinho. O efeito é dado a partir do duplo tingimento da peça.

– White jeans: o jeans é descolorido de maneira tão intensa ao ponto de ficar quase branco. A tonalidade bem clara, mas não totalmente sem cor, é perfeita para quem gosta de branco mas tem dificuldade de manter as peças sempre bem conservadas e com aparência de limpas. Ou seja: suja menos que o branco.

– Black jeans: O black jeans, mais agressivo, é o queridinho dos roqueiros (e de qualquer um que aprecie a versatilidade do preto).

– Gray jeans: tonalidade mais clara e desbotada.

– Dirty washed: O jeans dirty têm a aparência proposital de encardido. A ele são aplicados efeitos que imitam sujeira (barro e poeira).

– Acid wash: São aplicados produtos químicos para manchar o jeans em determinadas áreas, gerando um visual marmorizado.

– Estampa a laser: Utiliza-se laser para queimar o corante do tecido, de maneira computadorizada formando desenhos diversos como flores, estrelas, geométricos, etc.

– “Paint-Splatter” jeans: jeans com respingos de tinta (geralmente branca) feitos por máquina.

– Jeans resinado: Chamadas de waxed-jeans (ou de leather jeans), essas peças recebem um acabamento resinado que lhes confere a aparência de couro.

– Dip-dye: jeans com as cores em degradê. Pode ser branqueado ou tingido parcialmente.

– Distressed: jeans com cara de detonado. É muito comum aplicar ao jeans técnicas para simular o desgaste excessivo, usando lixas, pedras, jatos de areia, enzimas e outros componentes abrasivos.

– Jeans metalizado: aplica-se corante metalizado.

Os tamanhos, tipos e opções são inúmeras. O difícil agora vai ser escolher qual o melhor.

Você encontra várias peças de jeans moletom na loja Consciência Jeans. Visite a Loja de Jeans no Brás na Rua Mendes Junior, 395 ou na Rua Xavantes, 173 em São Paulo ou encontre um revendedor na sua cidade, veja aqui os locais.

Comentário

Comentários