Olá leitores,

Se tem um assunto que nunca sai de moda é a sustentabilidade. Afinal, é algo que devemos ter em mente em todas as esferas de nossa vida e de nosso dia a dia para preservar o nosso planeta. E o mundo da moda não ia ficar de fora dessa.

A moda cada vez mais volta o seu olhar para as questões socioambientais. Palavras como sustentabilidade, responsabilidade social e reciclagem passaram a ser agregadas, a partir dos anos 1990, ao dicionário da indústria da moda, que conta com um dilema. Ou se adequa às novas regras – algumas ditadas pela própria natureza, materializadas pela escassez de água e de outros recursos naturais – ou poderá ver sua marca perder dividendos, uma vez que a moda verde funciona como um novo filão de mercado.

É que cresce, a cada dia, o número de consumidores conscientes. Para não perder o bonde da história, a indústria da moda, aos poucos, vem dando resposta a essa fatia de mercado com os “produtos verdes”.

Por ser um fenômeno social e cultural, a moda dita formas de comportamento, transformando algumas roupas em ícones, sendo o jeans um exemplo. Esse vestuário tão comum em qualquer classe social, entra o século XXI não mais vestindo mineiros e vaqueiros como antigamente, mas sim os consumidores conscientes, daí a algumas indústrias investirem no jeans ecológico.

Reciclar processos

A estilista Raquel Araújo Martins, com mestrado em comportamento do consumidor de calça jeans, trabalha com assessoria de criação e lavanderia jeans e afirma: “Há algum tempo a indústria da moda se volta para a sustentabilidade. Depois de reciclar os materiais, agora, é a vez de reciclar os processos”.

A tendência do produto sustentável é muito forte, mas ainda conta um agravante: o custo. Infelizmente, o processo de produção, sobretudo em escala industrial, à luz da sustentabilidade “é caro”, argumenta. Explica que, “mesmo nos países com sistema fabril bem organizado a exemplo da França, é caro”, reforça. A saída da indústria, que cada vez mais, aposta em tecnologia em detrimento de mão-de-obra humana, é solucionar cada passo da cadeia produtiva.

A estilista admite que essa filosofia está indo para dentro da empresa, ou seja, o sistema de gestão sustentável, que, além de não prejudicar o meio ambiente, traz benefícios às pessoas. A maioria das marcas que envereda para este nicho de mercado está voltada para a exportação. Cita os casos da marca Osklen, que fabrica parte dos produtos na linha verde e a Natural Fashion, na Paraíba, e trabalha com algodão orgânico.

Jeans

A água é um dos principais elementos na cadeia de produção do jeans, cujo gasto médio para a fabricação de uma calça é de 42 litros. A lavanderia constitui um dos processos da cadeia produtiva que causa mais impacto, tanto pelo gasto de água, quanto pelo uso de produtos químicos. Muitas lavanderias realizam reuso de água para minimizar os impactos do processo.

Existem empresas que estão optando pelo ozônio a fim de diminuir o uso de água. A lavagem com ozônio é mais econômica, porém limita as variações de cores.

A produção de jeans verde (algumas marcas estão produzindo, sendo a Levi´s uma delas) é uma tentativa de diminuir os impactos, sobretudo com o gastos de água e uso de produtos químicos. “Além de mais caros, apresentam poucas variações de cores” revela.

“Hoje, o tingimento é industrial e com produtos químicos”. O jeans ecológico, guardadas as devidas proporções, representa um retorno aos métodos artesanais de produção. Ou, no mínimo, serve para amenizar os impactos da indústria no meio ambiente. “No início, o processo de lavanderia era artesanal”, lembra Raquel Araújo, completando que tudo começou quando dois estilistas resolveram jogar pedra-pomes na máquina para fazer o processo de desgaste. Hoje, o desgaste é feito de forma industrial.

A produção voltada para sustentabilidade, pelo menos no Brasil, ainda é constituída de ações isoladas buscando um mercado diferenciado, que demandam investimentos em pesquisa e desenvolvimento. Mas, aos poucos, as coisas estão mudando. As pessoas – e o mercado – estão mais conscientes e essa indústria sustentável só tende a aumentar. Jeans ecológico é o futuro!

Você encontra várias peças de jeans moletom na loja Consciência Jeans. Visite a Loja de Jeans no Brás na Rua Mendes Junior, 395 ou na Rua Xavantes, 173 em São Paulo ou encontre um revendedor na sua cidade, veja aqui os locais.

Comentário

Comentários