Menu
Jesus Luz e Andressa Suita combinam as novas tonalidades deste verão.
Jesus Luz e Andressa Suita combinam as novas tonalidades deste verão.

A coleção do verão 2014 Consciência Jeans traz muitas peças coloridas. As cores deste  verão aparecem em tonalidades menos vibrantes que nas estações passadas, mas há lugar para os fluors, e várias tonalidades de índigo.

Pantone

Os tons pastel serão muito bem vindos,  use com personalidade e alguma ousadia.

Jesus Luz veste uma calça em um tom muito especial de rosa.
Jesus Luz veste uma calça em um tom muito especial de rosa.

Efeitos holográficos prateados e furta cor também valem.

Andressa Suita vai de estampa holográfica de oncinha.
Andressa Suita vai de estampa holográfica de oncinha.

 

Quem gosta das cores mais saturadas deve apostar no coral, amarelo e  laranja, mas em tonalidades menos vibrantes.

Thais Andrade criou um look fresquinho muito gostoso para o verão.
Thais Andrade esclheu o amarelo e criou um look fresquinho e muito gostoso para o verão.

Os tons neutros, como camurça, os terrosos, o preto e o grafite serão as apostas ideais para completar as produções. Vale harmonizar as tendências para criar um looks bem pessoais, que valorizem sua personalidade e biotipo.

cole_verao16

Para escolher as produções do verão e as novas compras, aposte em suas cores prediletas e naquelas que você sabe que te favorecem.

Um guarda-roupas onde as cores se harmonizam facilita muito a hora da criação dos looks. Divirta-se!

 

Exposição ' Espelho Seu '
Exposição ‘ Espelho Seu ‘

A instalação bonita e interessante de Ricardo Beker convida o visitante a interagir com a obra  e a pensar sobre a construção instantânea das imagens. Brinca com conceitos muito presentes em nosso cotidiano, como reflexão, transparência e os labirintos, trazendo-os para o mundo palpável. É uma experiência muito legal para todas as idades pois é aberta a muitas maneiras de fruição.

 

http://www.cultura.rj.gov.br/programacao/img/ricardo_becker_01_1376614116.jpg

O labirinto refletido de Ricardo Becker  (Crédito: Divulgação)

“Na exposição de Ricardo Becker, uma caixa com materiais reflexivos forma um fluxo de imagens, onde a escultura se apresenta como evento. No salão principal das Cavalariças, uma grande estrutura de madeira com placas de vidro convidam o espectador a entrar. No interior, um chão de espelho forma um fluxo de imagens. O visitante participa da obra como reflexo, em constante alteração, por meio das variações de posição e movimento, não escapando da própria imagem. Essa interação faz com que o espectador hesite entre a observação das imagens refletidas e a percepção de si mesmo. Um efeito de nebulosidade nas imagens no chão e na obra é proporcionado pelo talco, jogado nas paredes. Prolongamentos de madeira formam um visual labiríntico e induzem o espectador a percorrer esse caminho caótico, que se confunde e se integra com a arquitetura do prédio.”

 

Espelho Seu – de 16/08 a 20/10. Diariamente, de 10h às 17h.

Local:

Escola de Artes Visuais do Parque Lage – Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico, Rio de janeiro

Fonte

http://www.cultura.rj.gov.br/evento/espelho-seu-e-o-som-do-mundo-arte-sonora

Jesus Luz e Andressa Suita para Consciê
Jesus Luz e Andressa Suita para Consciência Jeans

 

 

A coleção primavera verão da Consciência Jeans chega linda, alegre e muito colorida. Para combinar com toda esta exuberância, convidamos Jesus Luz,  Andressa Suita  e Thais Andrade para estrelarem a campanha que foi fotografada em uma locação maravilhosa no Rio de Janeiro, o Parque das Ruínas.

Parque

O Centro Cultural Parque das Ruínas foi a casa da grande mecenas da Belle Époque carioca, Laurinda Santos Lobo. Conhecida como a “marechala da elegância”, Laurinda reunia intelectuais e artistas nas magníficas dependências do palacete, que hoje é um dos mais belos projetos premiados do arquiteto Ernani Freire. O novo projeto manteve a estrutura das ruínas, agregando contemporaneidade à casa. Com uma das mais belas vistas da cidade, o espaço apresenta programação cultural variada. O Parque acolheu nossa equipe com muito carinho para a realização deste trabalho que incorporou a paisagem carioca à nova coleção.nova colecao5

Clique na imagem abaixo e veja o vídeo deste trabalho.

As fotos, que ficaram lindas, já foram destaque no portal Ego da Globo.

verao19

http://ego.globo.com/famosos/noticia/2013/07/sem-camisa-jesus-luz-posa-ao-lado-de-andressa-suita-em-campanha.html

 

Quindins são doces muito brasileiros e fáceis de fazer, o difícil é comer pouco! É bom fazer quando há muitas pessoas para comer. Sobremesa… comida de festa!

quindim - julho 2013 - 0012_quadrada

É uma receita fácil, mas manhosa, exige bons ingredientes que se encontram nas feiras livres. Os ovos devem ter as gemas bem amarelinhas, pois senão a cor do quindim não fica tão bonita e o coco é aquele fresco ralado na hora.

Ingredientes

5 ovos inteiros e 15 gemas,

3 xícaras de açúcar,

1 xícara de coco fresco ralado,

50 gramas de manteiga,

quindim - julho 2013 - 0002

Modo de fazer

Misture o açúcar e a manteiga, o coco e as claras depois peneire as gemas e deixe descansar. Misture sem bater muito pois bater clareia as gemas. Unte uma forma com manteiga e polvilhe de açúcar, coloque a massa do quindim e asse em banho-maria por aproximadamente 50 minutos. Fica pronto quando estiver bem dourado e  o garfo sair limpo. Para fazer vários quindinzinhos use forminhas de empadinhas.

 

 

48 horas em Florianópolis

Um fim de semana recheado com praias, esportes radicais, gastronomia e história

por Mônica Cardoso Fonte: viajeaqui

Edu Lyra

Praia da Joaquina, em Florianópolis

Clique nas fotos e veja a matéria original.

Dunas da praia de Joaquina, em Florianópolis, Santa Catarina

É impossível resistir aos encantos de Florianópolis – ou, simplesmente, Floripa. Só as praias, lagoas, dunas e montanhas já valem a viagem. Mas além das belezas naturais, a capital catarinense reúne construções históricas e variada gastronomia. Seus moradores, os “manezinhos da ilha”, são simpáticos com seu sotaque peculiar, herança dos colonizadores açorianos.

Não é à toa que Floripa atrai tantos turistas do Brasil e do lado de lá da fronteira. Os hermanos são presença constante no verão. Muitos até se mudaram de vez, já que Florianópolis é a capital com melhor qualidade de vida do país.

Com 60 quilômetros de extensão, as distâncias de uma praia a outra são bem longas e compensa alugar um carro. 48 horas em Florianópolis é muito pouco para descobrir as atrações da ilha. Mas, com certeza, é um convite para uma próxima viagem.

Dia 1

Praia é o que não falta em Florianópolis: 42 esparramam-se pela ilha – e sem contar aquelas menores, escondidinhas e sem nome. Com tantas opções, é difícil escolher uma só. Tire a manhã para conhecer a Praia Mole, a mais baladeira de todas. As ondas fortes atraem os surfistas enquanto o morro à direita é usado como rampa de decolagem para o voo livre. Nada melhor que tomar um café da manhã com vista para o mar. Siga então para a charmosa barraca de praia Big Blue Club que serve ótimos sucos e sanduiches naturais. E a praia ainda tem uma vantagem a mais: na fofa faixa de areia rola um forte clima de paquera.

 

Praia Mole, Florianópolis (SC)

As fortes ondas da Praia Mole atraem surfistas. E, de quebra, muita paquera. Crédito: Ricardo Freire

Colada à Praia Mole fica Joaquina, outro famoso point de surfistas e sede de campeonatos internacionais. Se o mar não for sua praia, arrisque-se no sandboard, o surfe na areia. O desafio é deslizar pelas dunas em pé, sobre a prancha, sentindo o ventinho bater no rosto. Mas se preferir algo menos radical, encare o esquibunda, em uma prancha um pouco mais larga. Várias barracas na praia alugam as pranchas.

Pertinho dali está a Lagoa da Conceição. As águas da maior lagoa da ilha ficam coloridas com as velas de windsurfe e kitesurfe. Dá para fazer uma aulinha rápida com instrutores e aprender algumas manobras. Faça uma caminhada na Avenida das Rendeiras, que contorna a lagoa, repleta de lojas que vendem a tradicional renda de bilro. Aproveite para fazer comprinhas de peças feitas artesanalmente à mão, como toalhas e vestidos.

A Lagoa também concentra bons restaurantes, como O Barba Negra. No almoço, não deixe de provar a famosa sequência de camarão, que se tornou praticamente uma atração turística. O visitante pode se esbaldar nesse “rodízio” que começa com casquinhas de siri e continua com camarão ao alho e óleo, ao bafo, à milanesa e filé de peixe ao molho de camarão.

 

Praia Jurerê, Florianópolis, Santa Catarina

Nos beach lounges de Jurerê Internacional rolam festas regadas a espumantes, ideais para curtir o pôr do sol. Crédito: Cris Berger

E que tal curtir uma balada em plena luz do dia? A Praia de Jurerê Internacional reúne beach lounges que lhe dão um ar sofisticado de Ibiza e Punta del Este. As festas regadas a espumantes e música eletrônica são perfeitas para curtir o fim de tarde à beira-mar. O Cafe de la Musique, filial da casa paulistana, oferece cardápio internacional e espreguiçadeiras confortáveis na areia. Já no El Divino, DJs internacionais se revezam nas picapes, enquanto o público dança ou paquera no deque de madeira.

Depois do esquenta na praia, nada melhor que curtir a noite de Floripa. Os mais baladeiros podem se esbaldar na pista ao som eletrônico ali mesmo em Jurerê. O complexo Music Park abriga três grandes casas: Pacha, Posh e Stage. Agora se a ideia é curtir um bar com a dobradinha petisco e cerveja, siga para o Centro onde estão o Botequim Floripa e a Cervejaria Original.

Dia 2

Deixe o segundo dia para descobrir o Centro Histórico. Boa parte das antigas construções em estilo neoclássico foram restauradas. Escolha como ponto de partida a Praça 15 de Novembro, onde a cidade foi fundada. Impossível deixar de notar a gigantesca e centenária figueira, com galhos que se estendem pela praça. Os moradores garantem que contornar a árvore várias vezes atrai fortuna e casamento.

Faça um pit stop no charmoso Café Cultura, instalado em um imóvel tombado pelo Patrimônio Histórico. Tome uma xícara do saboroso café, que leva o nome da casa, acompanhado de um waffle de frutas vermelhas.

De volta à caminhada, entre na Catedral Metropolitana, erguida em 1773, no ponto mais alto da Vila de Nossa Senhora de Desterro, como Florianópolis foi batizada. O edifício passa por um intenso restauro, mas repare nos delicados vitrais e altares que já foram recuperados.

A poucos passos dali fica a Casa da Alfândega, de 1876. O prédio abriga barracas que vendem o típico artesanato local, com peças de cerâmica, barro e palha. Leve algumas lembrancinhas, como o colorido boi de mamão. O boizinho de cerâmica, herança dos colonizadores açorianos, faz parte do folclore local.

Vale a pena conhecer o Museu Victor Meirelles, instalado na simpática casa onde viveu o pintor catarinense. O acervo reúne pinturas, aquarelas e desenhos, como a famosa tela “Degolação de São João Batista”, de 1855.

 

Porção de ostras, mariscos e camarões, do Box 32, no Mercado Municipal de Florianópolis

No Box 32, no Mercado Público, experimente a farta porção de ostras, mariscos e camarões. E o recheado pastel de camarão. Crédito: Leo Feltran

Siga para o Mercado Público onde as barracas vendem de camarões graúdos a doces típicos. A dica para o almoço é o Box 32, famoso pelo pastel recheado com inacreditáveis 100 gramas de camarão. Prove também uma porção de ostras frescas, já que a cidade é a maior produtora do país. Tampouco seria um pecado ir embora sem degustar um bolinho de bacalhau e a tradicional cachamel, cachaça envelhecida com mel.

De lá, dê uma esticadinha até a Praia do Campeche, um das mais próximas do centro, apesar dos 20 quilômetros de distância. É tão badalada quanto Jurerê Internacional e Mole, mas sua natureza mais rústica, com ventos fortes e mar agitado, atrai fãs de surf e kitesurfe. Sua extensa faixa de areia servia de campo de pouso para o correio aéreo francês na década de 20. Um dos seus funcionários, o escritor Antoine de Saint-Exupéry, costumava descansar na região. E uma curiosidade: os antigos moradores dizem que o nome Campeche vem do apelido que ele deu ao lugar: Campo de Pesca – ou em francês, Champ du Pêche. O certo é que sua obra mais famosa, O Pequeno Príncipe, batiza a principal avenida do balneário.

 

Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, Santa Catarina

Com o pôr do sol do fim da tarde, a Ponte Hercílio Luz rende ótimos cliques. Crédito: Thinkstock

Para se despedir de Floripa, vá até a Ponte Hercílio Luz. Construída para ligar a parte continental à ilha, a enorme estrutura de 75 metros de altura se tornou o cartão-postal da cidade. A ponte está fechada para (uma eterna) restauração, mas continua procuradíssima para fotos, principalmente ao pôr do sol. À noite, a iluminação realça ainda mais sua beleza e, de quebra, rende ótimos cliques.

 

por Mônica Cardoso Fonte: viajeaqui.abril

http://viajeaqui.abril.com.br/materias/48-horas-em-florianopolis

Consciência Jeans patrocinou time de futebol infantil da Copa Danone

 

Time Consciência Jeans na Copa Danone
Time Consciência Jeans na Copa Danone

 

A Copa Danone é uma competição mundial, que acontece simultaneamente em vários países e envolve equipes com garotos de até 12 anos nascidos em 2001 e 2002.  Os times que se classificam disputam um torneio final que acontecerá este ano em Londres no estádio de Wembley. A participação da Consciência Jeans neste evento foi viabilizar o sonho dos meninos e a continuidade do trabalho de Felipe Cruz na formação de atletas e cidadãos.

O time apoiado pela Consciência Jeans não se classificou para a final, mas nosso objetivo foi alcançado ao tornar realidade o sonho de garotos que precisavam de apoio para participar da etapa brasileira da competição. Se tivessem se classificado, seria incrível, mas ver a alegria com que participaram do torneio já foi perfeito.

Parabéns a todos. E o apoio da Consciência Jeans continua, para que mais sonhos se realizem.

Aqui vai mais uma receitinha bem brasileira…

bolo de fuba - set 2013 foto Paulo Falcão

 

4 xícaras de leite

1 e 1/2 xícaras de fubá

1/2 xícara de farinha de trigo

1 pacotinho de queijo ralado

2 colheres de margarina

1 colher de sopa de fermento

1 e 1/2 xícaras de açucar

4 ovos

Bata tudo no liquidificador e asse em forno pré aquecido. É maravilhoso com aquele cafezinho… para receber amigos, estudar, conversar etc…

bolo de fuba com café - foto Paulo Falcão

Fotos  Paulo Falcão