Menu

Olá,

Você sabe o que é Upcycled Denim? Já ouviu falar em moda sustentável? Então, o Upcycled Denim é o mais novo jeito de fazer moda com o nosso querido denim. Há uns tempos atrás fomos apresentados ao denim customizado, lembra?

Conheça o Upcycled Denim!
Legenda: Reprodução

E o patchwork entra bem no conceito Upcycled, já que a ideia é usar vários pedaços de calças jeans com lavagens diferentes para criar uma peça única e irreverente. E a trend não para por aí, você pode abusar do jeans em outras peças e acessórios como quiser.

Acessórios como bolsas, calçados, cintos, tiaras e até mesmo usar em decorações de sua casa como tapetes, abajures, porta trecos entre outros. Há uma imensa variedade de ideias que você pode reciclar o seu antigo denim e transformá-lo em artigo de pura personalidade.

Outra coisa interessante é que o termo Upcycled, é designado para descrever o próprio processo de reciclagem, onde muitas peças jeans seriam descartadas na natureza para a confecção de novas.

A indústria têxtil é reconhecida como uma das mais poluentes em todo mundo. Sendo assim, a modernidade e a aceitação do público fez com que as indústrias olhassem com outros olhos e criassem uma maneira sustentável de fazer moda com jeans, daí surgiu a trend Upcycled Denim, que aumenta ainda mais o ciclo de vida do jeans, não é demais?

Essa nova tendência de fazer moda com denim reciclado está crescendo cada vez mais em todo o mundo. Fashionistas e celebridades não perdem a chance de aparecer nos cliques mais ousados usando alguma peça Upcycled.

Quer apostar também em looks com jeans Upcycled e fazer sua parte conservando a natureza? Então a hora é agora, essa trend está super em alta e bombando no street style. Aposte no Upcycled Denim para um universo fashion mais sustentável!

Olá

O denim é o queridinho de todo mundo e é tendência mundial. Não existe ninguém que não tenha pelo menos 1 calça jeans em seu guarda roupa. 

O jeans é versátil, prático e super democrático, mas sabia que existe o jeans ecológico? Hoje vamos te contar todos os benefícios de usar o denim ecológico e como ele é feito. Vamos lá? 

Como é feito o jeans ecológico 

jeans-maquina-costura
Fonte: Consciência Jeans

Desde sua criação o jeans vem fazendo cada vez mais sucesso. Desde então a indústria têxtil enxergou a necessidade de produzir cada vez mais em larga escala. 

E como todos nós sabemos, o jeans tem as mais variadas lavagens e texturas, e para conseguir essas lavagens diferenciadas é necessário todo tipo de produto químico, correto? 

Mas acontece que tudo isso gera um impacto muito grande em nosso meio ambiente, desde o desperdício de água com as trocas nas lavagens para retirar o excesso de produtos químicos até a produção do algodão que se utiliza muito fertilizante e pesticidas. 

Já na produção ecológica o processo é todo sustentável, no processo de lavagem se utiliza corantes naturais e nada de química. Desta maneira a água pode ser reutilizada para outras peças. 

A produção de algodão provém de agricultura orgânica, que preserva o solo com adubos orgânicos e não utiliza nenhum tipo de pesticida ou agente químico. 

Benefícios do jeans ecológico 

 

O jeans sustentável traz com ele inúmeros benefícios o primeiro deles é te proteger de qualquer componente químico. Se você tiver alergia de algum componente você estará super prevenido. 

Outra vantagem é que a maioria das marcas estão aderindo a este novo processo de criar jeans. Você poderá usufruir do mesmo conforto, da mesma modernidade e da mesma qualidade do jeans convencional só que com o diferencial de não agredir o meio ambiente

Evolua também sua atitude sem perder o estilo. Jeans ecológico já é super tendência mundial e faz bem para todo mundo, use e comprove! 

Você encontra  jeans na loja Consciência Jeans. Visite a Loja de Jeans no Brás na Rua Mendes Junior, 395 ou na Rua Xavantes, 173 em São Paulo ou encontre um revendedor na sua cidade, veja aqui os locais

Seguindo a tendência do mercado internacional, indústrias investem em produção ecologicamente correta e sem produtos químicos

calca-jeans
Fonte: Consciência Jeans

Democrático e usual, o jeans sobrevive a todas as mudanças e revoluções da indústria da moda, mantendo seu lugar no armário de 90% da população mundial. Para ele, as novidades vem, no máximo, em forma de modelos, cortes e tecidos – mais leves, mais finos, mais escuros ou rasgados.

E é justamente em um novo tipo de denim (ou jeans) que as empresas estão apostando agora.  Com foco no ecologicamente correto, a indústria da moda está se modernizando e levando em consideração as questões socioambientais na sua produção. Afinal, em um mundo onde a palavra de ordem é meio ambiente, levar a ecologia e sustentabilidade para os processos é item obrigatório para quem deseja alcançar o sucesso futuro e conquistar, cada vez mais, clientes e investidores.

Para os estilistas, a tendência é que, cada vez mais, as pessoas entendam e apliquem os conceitos sustentáveis no seu dia a dia. E é preciso que a indústria da moda esteja preparada para atender essa demanda e seja parte dessa mudança de consciência.

Dessa forma, na busca constante por matérias prima alternativas para tornar o processo mais limpo e, claro, diminuir drasticamente a quantidade de carbono emitida na fabricação das peças, surgiu a calça jeans eco.

Dentre as principais mudanças na linha de produção, estão o tingimento de tecido por meio da coloração natural e as lavagens sem produtos químicos. Dessa forma, é possível fazer o reaproveitamento da água utilizadas e dos resíduos gerados na fabricação. Além disso, o algodão utilizado agora é orgânico. Essa combinação de fatores permite que haja um menor impacto no meio ambiente, sem estragar a beleza e a qualidade da peça.

Há a possibilidade ainda de fazer a reciclagem peças antigas ou outros resíduos e aproveitá-los na fabricação. Isso porque, algumas marcas produzem o jeans ecológico através do reaproveitamento de outros produtos do mesmo tecido. Também existe uma técnica onde o fio de poliéster é produzido a partir de garrafas PET e plásticos reciclados.

Para quem utiliza o produto ecológico, a vantagem é que não há contato com substâncias tóxicas e prejudiciais, já que o jeans eco é produzido de maneira mais limpa. Além disso, os usuários colaboram para a preservação do meio ambiente e redução das emissões de gases poluentes.

Não importa se o modelo é de jeans feminino ou masculino, a peça cai bem em qualquer pessoa e ainda incentiva o consumo consciente e o desenvolvimento sustentável – gera valor à toda a cadeia de produção e, ainda, às comunidades onde está inserido, já que reduz impactos importantes. Afinal, quando falamos em sustentabilidade, precisamos entender que existe um valor por trás de cada peça e que comprar um produto é muito mais do que aquilo que estamos adquirindo.

Você encontra jeans na loja Consciência Jeans. Visite a Loja de Jeans no Brás na Rua Mendes Junior, 395 ou na Rua Xavantes, 173 em São Paulo ou encontre um revendedor na sua cidade, veja aqui os locais.

Olá,

O jeans é um material confortável, prático e amado por todo mundo. Especialmente para nós, mulheres, é muito comum ter uma coleção de jeans guardados por valores sentimentais mesmo que a maioria esteja velha, desbotada e sem uso. Sabiam que há várias maneiras de reaproveitar aquela calça jeans antiga jogada no fundo do armário? Reaproveitar roupas femininas é uma ótima maneira de inovar, colaborar com o meio ambiente e ainda economizar. Vejamos algumas delas aqui.

calca-jeans
Fonte: Reprodução

Capinha para celular e tablets

Todos amam capinhas para celular descoladas, mas como elas são caras! Essa é uma opção do que fazer com o jeans antigo. Meça a largura, comprimento e altura do celular ou gadget e faça um estojinho com essas dimensões. Se não souber costurar procure tutoriais na internet, é muito fácil, barato e fica lindo!

Tapete de retalhos

Pode soar como algo que sua avó faria, mas tapetes de retalhos são charmosos especialmente quando feitos com tecidos diferentes. Calças jeans são ótimas para fazer um tapetinho porque o material é resistente mesmo depois de muito usado. Se quiser reciclar ainda mais é possível fazer um conjunto inteiro para banheiro ou sala com tapete e capas de retalhos para os móveis.

Porta trecos estilosos

Nesse caso combinamos a reciclagem de duas coisas: calças jeans velhas e potinhos antigos. Pode até usar aquele copo de requeijão que ia jogar fora, o que importa é que ele esteja limpo e inteiro. É só encapar os recipientes com o tecido do jeans, pode colar com cola quente ou outros tipos de cola bem resistentes para que dure.

Uma boa opção é pegar uma calça feminina skinny, com as pernas mais fininhas, que tenha o diâmetro do copinho, encaixa-lo no meio e colar. Pronto! Fácil e bonito para colocar no quarto ou no escritório.

Bolsas

Bolsas é outro tipo de produto que amamos. Quando você está um pouco sem grana e tem o armário cheio de jeans antigos aproveite e inove! Tudo o que precisa é de uma tesoura, linhas e uma máquina de costura. Pode procurar por moldes na internet se não tiver muita ideia de como fazer, existem vários exemplos por aí.

Além disso bolsas feitas com jeans são ecológicas, resistentes e tem um visual moderno.

Capa para agenda, cadernos ou livros

As aulas já estão voltando, quer economizar nos cadernos e ainda assim ir para a faculdade ou mandar as crianças para a escolar com material lindo e novinho? Podemos usar retalhos de jeans velhas para fazer capas ou enfeites para agendas e cadernos. É só cortar e colar com cola quente. Também é possível fazer capas para envolver os livros, assim não terá o perigo de estraga-los quando enfiar na bolsa ou largar no banco de trás do carro.

Capa para estofado, almofadas e travesseiros

Fazer capinhas para almofadas, para sofás e travesseiros é fácil e barato. Tudo o que você precisa é de uma boa quantidade de jeans velhos e alguma habilidade com costura. Cobrir o sofá com uma capa feita com jeans ajuda bastante para quem tem filhos pequenos ou cachorros dentro de casa e não quer que ele seja danificado com muita facilidade, além de dar um visual moderno à sua sala.

Jogo americano

O jogo americano é uma opção bem fácil de fazer se você está achando tudo isso de costurar muito complicado. Basta cortar nos tamanhos certos para colocar na mesa num jantar ou almoço especial. Se quiser também pode enfeitar com estampas, botões, linhas coloridas ou o que sua criatividade mandar.

Embrulho para presente

O Natal já passou, mas sempre aparece um aniversário ou ocasião especial para presentear os entes queridos. Embrulhos sempre dão correria e problemas e obviamente gasto, por isso podemos reciclar jeans velhas de qualquer tipo. É só cortar, costurar na forma de saquinho e enfeitar. Use botões ou fitas para deixar o saco de embrulho ainda mais bonito.

Recuperar jeans velhos

Recuperar só funciona se a calça ainda serve e tem o único problema de estar desbotada ou rasgadinha. As opções para recuperação são muitas, usar botões para reviver a calça, tingir com cores vivas ou fazer uma calça desfiada. A criatividade é quem manda nesse caso.

Patchwork

O patchwork é todo tipo de trabalho manual feito com retalhos de tecido. Você pode fazer todo tipo de coisa com suas antigas calças jeans: almofadas, travesseiros, bolsas, brinquedos, enfeites. Existem cursos online e dezenas de vídeos e tutoriais pela internet para te dar algumas ideias do que fazer. Vale a pena misturar vários tecidos e aproveitar para reciclar algumas camisetas e blusas velhas também.

Você encontra calça jeans na loja Consciência Jeans. Visite a Loja de Jeans no Brás na Rua Mendes Junior, 395 ou na Rua Xavantes, 173 em São Paulo ou encontre um revendedor na sua cidade, veja aqui os locais.

Esta dica é para você assistir com seu pequeno, lindos filmes sobre consciência ambiental que valem a pena.

Olá leitoras,

Atualmente falamos tanto sobre o meio ambiente, economia de água, economia de energia, consumo equilibrado e tantos outros temas ligados a este assunto, mas será que sabemos colocar na prática tudo isso.

Para quem tem filhos pequenos ou convive com crianças percebe que eles já estão aprendendo na escola, com os professores e amigos a melhor maneira de cuidar da natureza e isso é ótimo, pois eles já estão crescendo com esta consciência ambiental.

Existem diversas maneiras de cuidar do meio ambiente, algumas são fáceis e simples, mas outras nem sabemos por onde começar, o pior é na hora de explicar para os pequeninos, pois se nem mesmo sabemos fazer como vamos dar o exemplo.

Pensando nisso, listamos 7 dicas de filmes sobre a consciência ambiental, que tanto crianças como adultos podem assistir e temos certeza que vão adorar e se surpreender com tanto material bom e de qualidade. Estas dicas de filmes servirão para colocarmos a mão na consciência e vermos se estamos fazendo certo e se não estivermos ainda há tempo de corrigir.

Em uma tarde tranquila aproveite para assistir estes filmes com seu filho e aprenda junto com ele, a história da natureza pode ser melhor escrita.

1. O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida

lorax
Fonte: Reprodução

2. Nausicaä do Vale do Vento

nausicaa
Fonte: Reprodução

3. WALL-E

wall-e
Fonte: Reprodução

4. Minúsculos [Minuscule – La vallée des fourmis perdues]

minuscule-la-vallee-des-fourmis-cadre
Fonte: Reprodução

5. O Mundo dos Pequeninos

O-Mundo-dos-Pequeninos
Fonte: Reprodução

6. Era uma Vez na Floresta

era-uma-vez-na-floresta
Fonte: Reprodução

7. Princesa Mononoke

Princesa-Mononoke
Fonte: Reprodução

 

A Consciência Jeans além de produzir peças de forma consciente e pensando na natureza também quer ajudar levando conhecimento para todos de forma divertida!

Agora é só preparar a pipoca e bom filme!!!

Consciência Jeans põe a “mão na terra” e neutraliza emissão de carbono com plantio de mudas em Embu Guaçu

consciencia-jeans-planta-arvore
Consciência Jeans faz plantio de mudas em Embu-Guaçu

No dia 16 de fevereiro, a Consciência Jeans, empresa que busca o menor impacto ecológico em todas as etapas de produção de suas peças, participou do plantio de 43 mudas de espécies nativas no Parque Estadual da Várzea, onde está situado o Núcleo de Educação Ecoprofissional do Embu-Guaçu, da Rede Programa de Jovens – Mei o Ambiente e Integração Social (PJ Mais).

A ação teve como objetivo neutralizar a emissão de carbono gerada pela empresa na participação da feira de moda Fenim, em Gramado, realizada no mês de janeiro e contou com a presença da gerente de produtos da Consciência Jeans, Gabriela Federzoni, da Oficina do Carbono, da AHPCE e dos jovens atendidos pelo projeto. Foi um dia diferente na rotina da executiva que pôde interagir diretamente com a natureza e fazer o bem com as próprias mãos.

A AHPCE realiza o plantio de mudas para neutralização voluntária da emissão de carbono de empresas, em parceria com a Oficina do Carbono e com a Reserva da Biosfera do Cinturão Verde de São Paulo. A atividade faz parte da formação ecoprofissional de jovens do Núcleo do PJ-MAIS de Embu-Guaçu. Atualmente conta com mais de 25 parceiros, já realizou o plantio de mais de 5.000 mudas, neutralizando aproximadamente 500 toneladas de CO2e e reflorestando mais 3 hectares do Parque.

Clique aqui para conferir a galeria de fotos do plantio.

Seja responsável também e neutralize a emissão de carbono da sua empresa.

Entre em contato:
comunica@ahpce.org.br
info@oficinadocarbono.com.br

Saiba mais:
www.oficinadocarbono.com.br

A Consciência Jeans sempre pensa no planeta e trouxe esta matéria sobre decoração com plantas que além de deixar o local mais bonito e agradável ajuda o meio ambiente.

Esta nova parede verde projetada por Patrick Blanc foi recentemente instalada em uma esquina de Paris. Será inaugurada neste setembro, mas já é espetacular e merece uma visita. Esta criação vegetal fica na esquina das ruas e Aboukir  e Petits Carreaux no segundo arrondissement de Paris. É em oásis de vegetação e da biodiversidade no coração da cidade.

 

L'oasis d'Aboukir, mur végétal créé par Patrick Blanc, rue d'Aboukir, Paris 2e (75)

Clique  na foto e veja a matéria original.L'oasis d'Aboukir, mur végétal créé par Patrick Blanc, rue d'Aboukir, Paris 2e (75)

Clique  na foto e veja a matéria original.

Será um maravilhoso tapete florido e bonito para as abelhas e os zangões na capital francesa.

L'oasis d'Aboukir, mur végétal créé par Patrick Blanc, rue d'Aboukir, Paris 2e (75)

Clique  na foto e veja a matéria original.

Padrões bonitos compostos por pequenas almofadas de Soleirolia que fundem gradualmente às outras espécies.

Clique  na foto e veja a matéria original.L'oasis d'Aboukir, mur végétal créé par Patrick Blanc, rue d'Aboukir, Paris 2e (75)

Clique  na foto e veja a matéria original.

Uma das plantas “queridinhas” do jardim é a Tinantia pringlei, que é muito resistente.

Clique  na foto e veja a matéria original.L'oasis d'Aboukir, mur végétal créé par Patrick Blanc, rue d'Aboukir, Paris 2e (75)

Clique  na foto e veja a matéria original.

L'oasis d'Aboukir, mur végétal créé par Patrick Blanc, rue d'Aboukir, Paris 2e (75)

Clique  na foto e veja a matéria original.

O contraste das folhagens d’heuchères roxas pretas e caramelo cria desenhos no jardim em que  Patrick Blanc reuniu 250 espécies de plantas.

L'oasis d'Aboukir, mur végétal créé par Patrick Blanc, rue d'Aboukir, Paris 2e (75)

 

Esta plantinha chamada Soleirolia é produzida em Holambra, parece que é uma parente do popular dinheiro em penca. Dessa vez bem identificada como Soleirolia soleirolii, uma Urticacea da Ordem Rosales. O nome homenageia Joseph François Soleirol, um botânico amador e foi coletada pela primeira vez na Córsega. Já foi classificada como Helxine soleirolii mas, nome botânico á assim mesmo: quando a gente decora um nome, vem um botânico e muda.
Geralmente plantas dessa família são urticantes. Mas, não é o caso da ´Soleirolia´.
Ela está sendo lançada como planta pendente em vaso mas, também pode ser empregada sob a sombra de árvores, pois cresce como se fosse um tapete, de preferência a meia sombra, em um substrato bem com bastante matéria orgânica e com boa umidade do ar. Não raro, sobe sobre pedras adquirindo até um certo status de invasora. É importante lembrar que não se trata de uma planta pisoteável.
A flor solta fumaça?
Uma curiosidade à parte da Soleirolia, diz respeito às suas minúsculas flores: quando maduras e secas, no menor toque, elas explodem, soltando um pozinho branco como acontece com a Pilea microphylla–“brilhantina”, da mesma família. Nas regas, percebe-se muito bem esse fenômeno. Na verdade são os grãos de pólen saindo do androceu, ou seja: do órgão sexual masculino. Na foto abaixo, vê-se 4 estames masculinos na parte mais apical da flor. O Gineceu (a parte feminina) fica por conta da parte mais baixa e rosada da flor.
Para tê-la em casa por um longo tempo, é só regá-la em dias alternados, sem encharcar. Para que ela não seja atacada por fungos (que podem melar a planta) coloque-a no sol de vez em quando. Melhor ainda, se ela estiver naquele cantinho onde pega um pouco de sol da manhã.
Para ver mais detalhes dessa novidade ligue direto para o produtor: Tony van Noijen tel: 19-9637.6519.

Fontes:

8118924473_778238f753_z

O projeto é  simples e resumido nas fotos abaixo. Foi inspirado nos sacos de papel kraft e transforma um velho jeans em uma bolsa para você usar como quiser !

Apenas uma observação antes de começar: o tamanho da bolsa, obviamente, é determinado pela largura das pernas das calças. Por isso, eu não recomendo usar calças finas. Calças retas são perfeitas para o trabalho!

Você vai precisar de: um velho par de calças, um cinto, agulha e linha, e uma máquina de costura (embora você possa fazer esse projeto inteiramente à mão)

8118926781_a0c0abc1fb_zClique nas imagens e veja a matéria original

Se você quiser fazer as alças da mochila use a outra perna.

O tempo e o esforço que você usa para reciclar seu jeans velhos valem a pena. A reciclagem não só aumenta sua diversão e a sua poupança, mas também demonstra a sua preocupação com o meio ambiente.

Fonte

http://pm-betweenthelines.blogspot.com.br/2012/10/denim-snack-bag-recycling-project.html

Existem diversas maneiras de criar um jardim vertical

Este abaixo, é construído com pallets

541772_382373508523870_1476691234_nClique nas imagens e veja as matérias originais

As conhecidas sapateiras da feira também são boas opções…

550519_452203091474082_1554655180_n

Este já é uma verdadeira horta!

p1100695-atlanta-ediable-garden

 

A seguir reproduzimos a Técnica PET de Marcelo Rosenbaum que recila pets para criar o jardim:

Este método, desenvolvido pelo arquiteto Marcelo Rosenbaum, reutiliza garrafas plásticas para compor um lindo jardim vertical. A sugestão é ideal para casas que não têm grandes áreas para jardins. Além disso, se torna também uma solução para os resíduos, que deixam de ser descartados e ganham uma utilidade diferente da original. As garrafas ficam suspensas, amarradas em cordas de varais.

MATERIAIS

– Garrafa PET de 2 litros vazia e limpa;

– Tesoura

– Corda de varal, cordoalha, barbante ou arame

– Para os que optarem por cordoalhas ou arames, serão necessárias duas arruelas por garrafa PET

– Terra

– Muda de planta

MODO DE FAZER

Corte a garrafa PET, como na foto abaixo.

Para fixar as garrafas, devemos fazer dois furos no fundo da garrafa e dois na parte superior da garrafa. Dá pra entender direitinho olhando bem a foto acima. Além dos furinhos para passar a corda, é necessário um pequeno furo no fundo da garrafa. A água usada para regar a muda precisa escoar.

Depois disso, passe a corda por um furo e puxe pelo outro.

Muitas pessoas nos perguntaram como fazer para as garrafas não “escorregarem” pela corda (ou barbante, ou cordoalha). Obrigado pela colaboração e participação. Pensando nisso, elaboramos dois desenhos, com duas sugestões.

– Para quem usar corda de varal ou barbante:

– Para quem usar cordoalha ou arame:

Depois, basta esticar e fixar a corda na parede.


Material enviado ao Arquitetura Sustentável pelo colaborador Marcos Roberto Moacir Ribeiro Pinto

Fontes: Rosenbaum.com.br e Arquitetura Sustentável

http://sampleboard.wordpress.com/2012/04/13/the-edible-outdoor-room/

http://www.facilisimo.com/vivianahb/blog/manualidades/objetos-decorativos/pandilla-basurita-ii-decoracion-economica-reciclados-recuperados-restaurados-etc_736607_380.html

Que maravilha!

20130603163257500169a
Clique na imagem e veja a matéria original

Concessionárias de veículos de Sorocaba, a 92 km de São Paulo, terão de plantar uma árvore para cada carro zero vendido na cidade. A lei municipal que prevê a medida benéfica ao meio ambiente foi aprovada em 2008, mas somente agora passará a ser cumprida.

O projeto “Um veículo, uma árvore” foi lançado nesta segunda-feira, depois de um acordo entre a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e as trinta concessionárias de veículos que operam no município. O plantio simbólico de 50 mudas no Parque dos Ipês, no Jardim Santa Marina, zona norte da cidade, marcou a entrada da lei em vigor.

Com base no crescimento da frota de veículos, a Secretaria estima que as concessionárias terão de plantar 24 mil árvores por ano. De acordo com a secretária Jussara de Lima Carvalho, com o plantio das mudas, as empresas dão um passo para atingir metas de sequestro do dióxido do carbono, gás responsável pelo chamado efeito estufa, emitido pelos veículos automotores. Elas poderão usar a adesão ao projeto ambiental como argumento na venda dos veículos.

As concessionárias ficarão responsáveis pela compra, plantio e manutenção das mudas. Caberá à Secretaria indicar as espécies, o tamanho das mudas e o local do plantio. Nos últimos quatro anos, o plano de arborização de Sorocaba plantou mais de 500 mil mudas na cidade.

Fonte Agência Estado
http://www.em.com.br/app/noticia/nacional/2013/06/03/interna_nacional,398513/sorocaba-plantara-uma-arvore-para-cada-carro-vendido.shtml